MichelAngeloNow

by now it was just thoughts… =)

=)

a 2104 similar to 2013 is enough  just to be in heaven again \o/ um 2104 semelhante a 2013 é suficiente  só para estar no céu novamente \o/

Check out “PainkillerTimelapse” (From my doc film: Icarus, Contemplation & Dream) 
Sequência “PainkillerTimelapse” (do meu documentário Ícaro, Contemplação & Sonho)

Apollo - Detail - 1 by ~MichelAngeloNOW
You gotta see this: “ Apollo-David, 1.46 m unfinished marble sculpture by Michelangelo ”
They are posting my Apollo as an artwork from my past italian life. AH AH AH AH AH =D
4 years ago, an Art History researcher got shocked when he discovered that my drawings were not from my past life. He was a nice dude and just asked myself to keep going with my art.
Now this… Sorry, but I can’t stop laughing… =))))
I knew that situations like these were going to happen due to the lack of culture of average people.
There will be a huge price to be paid for being ignored for so many time. This confusion is just the begining.
Well, the damage is done. Now I’m a ghost that is born inside the virtual cloud. Who could stop this process now?
(I personally don’t give a shit and I do prefer to keep my private life of surfing and hot chicks.)
This pic of my Apollo went virus. Countless blogs are posting it. Here are a few ones:
http://lartichaut.tumblr.com/post/59059907056/wasbella102-apollo-david-1-46-m-unfinished
http://inkslinging-transmutation.tumblr.com/post/59544671834/wasbella102-apollo-david-1-46-m-unfinis
http://wasbella102.tumblr.com/post/59004553195/apollo-david-1-46-m-unfinished-marble-sculpture
http://tournesol50.tumblr.com/post/59342909969
tournesol50.tumblr.com

Português: Vocês tem que ver isso: “Apollo-David, 1,46 m escultura inacabada em mármore por Michelangelo”
Estão postando o meu Apollo como obra de arte da minha vida passada italiana. AH AH AH AH AH = D
4 anos atrás, um pesquisador de História da Arte ficou chocado quando descobriu que os meus desenhos não eram da minha vida passada. Ele era um cara legal e apenas me pediu para continuar com a minha arte.
Agora isso … Desculpem, mas não consigo parar de rir … =))))
Eu sabia que situações como esta iriam acontecer devido à falta de cultura das pessoas comuns.
Haverá um preço muito alto a ser pago por ter sido ignorado por tantos anos. Esta confusão é apenas o início.
Bem, o estrago está feito. Agora eu sou um fantasma que nasceu dentro da nuvem virtual. Quem pode parar este processo agora?
(Pessoalmente, não ligo a mínima. Prefiro manter a minha vida privada de surf e gata da hora.)
Esta foto do meu Apollo se tornou viral. Inúmeros blogs estão postando. Aqui estão alguns:
http://lartichaut.tumblr.com/post/59059907056/wasbella102-apollo-david-1-46-m-unfinished
http://inkslinging-transmutation.tumblr.com/post/59544671834/wasbella102-apollo-david-1-46-m-unfinis
http://wasbella102.tumblr.com/post/59004553195/apollo-david-1-46-m-unfinished-marble-sculpture
http://tournesol50.tumblr.com/post/59342909969
tournesol50.tumblr.com

Apollo - Detail - 1 by ~MichelAngeloNOW

You gotta see this: “ Apollo-David, 1.46 m unfinished marble sculpture by Michelangelo ”

They are posting my Apollo as an artwork from my past italian life. AH AH AH AH AH =D

4 years ago, an Art History researcher got shocked when he discovered that my drawings were not from my past life. He was a nice dude and just asked myself to keep going with my art.

Now this… Sorry, but I can’t stop laughing… =))))

I knew that situations like these were going to happen due to the lack of culture of average people.

There will be a huge price to be paid for being ignored for so many time. This confusion is just the begining.

Well, the damage is done. Now I’m a ghost that is born inside the virtual cloud. Who could stop this process now?

(I personally don’t give a shit and I do prefer to keep my private life of surfing and hot chicks.)

This pic of my Apollo went virus. Countless blogs are posting it. Here are a few ones:

http://lartichaut.tumblr.com/post/59059907056/wasbella102-apollo-david-1-46-m-unfinished

http://inkslinging-transmutation.tumblr.com/post/59544671834/wasbella102-apollo-david-1-46-m-unfinis

http://wasbella102.tumblr.com/post/59004553195/apollo-david-1-46-m-unfinished-marble-sculpture

http://tournesol50.tumblr.com/post/59342909969

tournesol50.tumblr.com

Português: Vocês tem que ver isso: “Apollo-David, 1,46 m escultura inacabada em mármore por Michelangelo”

Estão postando o meu Apollo como obra de arte da minha vida passada italiana. AH AH AH AH AH = D

4 anos atrás, um pesquisador de História da Arte ficou chocado quando descobriu que os meus desenhos não eram da minha vida passada. Ele era um cara legal e apenas me pediu para continuar com a minha arte.

Agora isso … Desculpem, mas não consigo parar de rir … =))))

Eu sabia que situações como esta iriam acontecer devido à falta de cultura das pessoas comuns.

Haverá um preço muito alto a ser pago por ter sido ignorado por tantos anos. Esta confusão é apenas o início.

Bem, o estrago está feito. Agora eu sou um fantasma que nasceu dentro da nuvem virtual. Quem pode parar este processo agora?

(Pessoalmente, não ligo a mínima. Prefiro manter a minha vida privada de surf e gata da hora.)

Esta foto do meu Apollo se tornou viral. Inúmeros blogs estão postando. Aqui estão alguns:

http://lartichaut.tumblr.com/post/59059907056/wasbella102-apollo-david-1-46-m-unfinished

http://inkslinging-transmutation.tumblr.com/post/59544671834/wasbella102-apollo-david-1-46-m-unfinis

http://wasbella102.tumblr.com/post/59004553195/apollo-david-1-46-m-unfinished-marble-sculpture

http://tournesol50.tumblr.com/post/59342909969

tournesol50.tumblr.com

The two secret messages - As duas mensagens secretas on Flickr.English:
It’s obvious that the jug and the small bowl are in the scene to create a message. The fluttering rags are there for the same reason. The two key points are my presence on the background left and the looking at the scene as if it had no 3D ilusion.
The Drunkness of Noah was conceived to be understood only by myself in case of my return to earth in a future reincarnation. As I stated before, when I thought on how to send a message to my future reincarnated self, the most important was to create something based on references that could last for centuries. It was very clear to me that The Assumption of Mary, for which the Sistine Chapel is dedicated, was an reference that will last forever. So that was my first info choice to compose a message.
The second chosen reference should be able not only to endure time passing but also to have a deep meaning for myself in a very intimate level. The Hymn Of The Pearl, or The Hymn Of Sophia, one of my secret readings, represents not only my deepest belief but my unique way of understanding the very existence.
The Kabbalah and Kundalini schemes were used for the purpose to organize the visual code that my future self certainly would be able to understand. The Kabbalah and Kundalini are timeless spiritual codes that I knew would remain universal.
As a true reincarnation of Michelangelo Buonarroti, I should be able to understand these two secrets messages and point out where are the Assumption Of Mary and The Hymn Of The Pearl. To do so, it would be necessary to find Mary herself and the very Pearl. Well, in 1985, 2 years after the remembering of Vittoria Colonna’s death, I simply remembered the Hymn Of The Pearl (this passage is described on my book). And there was no need for schemes and researches of any kind, because I naturally returned to my world of secret beliefs, step by step. The Hymn Of The Pearl is related to apostle Thomas (Thomas Judas Didymus), who is the only witness of the Assumption Of Mary. Is told that Mary dropped her girdle from heaven to Thomas during her Assumption.
(I know the image is overloaded with info but sometimes I have to put the all the meanings together).
Português:
É óbvio que o jarro e o prato fundo estão em cena para criar uma mensagem. Os panos esvoaçantes estão lá pelo mesmo motivo. Os dois pontos-chave são a minha presença na esquerda ao fundo e a compreensão da cena como se ela não tivesse ilusão 3D.
A “Embriaguez de Noé” foi concebida para só ser entendida por mim mesmo no caso do meu retorno à Terra em uma futura reencarnação. Como eu disse antes, quando pensei sobre como compor uma mensagem para o meu futuro reencarnado eu, o mais importante era criar algo com base em referências que poderiam durar séculos. Estava claro que a Assunção de Maria, para a qual a Capela Sistina é dedicada, seria uma referência que iria durar para sempre. Então, essa foi a minha primeira escolha para compor uma mensagem.
A segunda referência escolhida deveria ser capaz não só de suportar a passagem do tempo, mas também de ter um profundo significado para mim em um nível muito íntimo. O Hino da Pérola, ou o Hino de Sophia, uma das minhas leituras secretas, representa não só a minha crença mais profunda mas também a minha maneira única de compreender a própria existência.
Os esquemas da Cabala e da Kundalini foram utilizados com a finalidade de organizar o código visual que o meu futuro eu reencarnado certamente seria capaz de entender. A Kabbalah e a Kundalini são códigos espirituais atemporais que eu sabia que iriam permanecer universais. Como uma real reencarnação de Michelangelo Buonarroti, eu deveria ser capaz de compreender as duas mensagens secretas e apontar onde estão a Assunção de Maria e O Hino da Pérola. Para isso, seria necessário apontar onde está a própria Maria e a própria Pérola.Bem, em 1985, dois anos após a lembrança da morte de Vittoria Colonna, eu simplesmente lembrei do Hino da Pérola (esta passagem está descrita no meu livro). E não havia necessidade de sistemas e pesquisas de qualquer tipo, porque naturalmente retornei para o meu mundo de crenças secretas, passo a passo. O Hino da Pérola está relacionado ao Apóstolo Tomé (Judas Tomé Dídimo), que foi a única testemunha da Assunção de Maria. É dito que Maria deixou cair o cinto do céu para Tomé durante a sua Assunção.
(Eu sei que a imagem está sobrecarregada com informações, mas às vezes os significados precisam estar juntos.)

The two secret messages - As duas mensagens secretas on Flickr.

English:
It’s obvious that the jug and the small bowl are in the scene to create a message. The fluttering rags are there for the same reason. The two key points are my presence on the background left and the looking at the scene as if it had no 3D ilusion.

The Drunkness of Noah was conceived to be understood only by myself in case of my return to earth in a future reincarnation. As I stated before, when I thought on how to send a message to my future reincarnated self, the most important was to create something based on references that could last for centuries. It was very clear to me that The Assumption of Mary, for which the Sistine Chapel is dedicated, was an reference that will last forever. So that was my first info choice to compose a message.

The second chosen reference should be able not only to endure time passing but also to have a deep meaning for myself in a very intimate level. The Hymn Of The Pearl, or The Hymn Of Sophia, one of my secret readings, represents not only my deepest belief but my unique way of understanding the very existence.

The Kabbalah and Kundalini schemes were used for the purpose to organize the visual code that my future self certainly would be able to understand. The Kabbalah and Kundalini are timeless spiritual codes that I knew would remain universal.

As a true reincarnation of Michelangelo Buonarroti, I should be able to understand these two secrets messages and point out where are the Assumption Of Mary and The Hymn Of The Pearl. To do so, it would be necessary to find Mary herself and the very Pearl. Well, in 1985, 2 years after the remembering of Vittoria Colonna’s death, I simply remembered the Hymn Of The Pearl (this passage is described on my book). And there was no need for schemes and researches of any kind, because I naturally returned to my world of secret beliefs, step by step. The Hymn Of The Pearl is related to apostle Thomas (Thomas Judas Didymus), who is the only witness of the Assumption Of Mary. Is told that Mary dropped her girdle from heaven to Thomas during her Assumption.

(I know the image is overloaded with info but sometimes I have to put the all the meanings together).

Português:
É óbvio que o jarro e o prato fundo estão em cena para criar uma mensagem. Os panos esvoaçantes estão lá pelo mesmo motivo. Os dois pontos-chave são a minha presença na esquerda ao fundo e a compreensão da cena como se ela não tivesse ilusão 3D.

A “Embriaguez de Noé” foi concebida para só ser entendida por mim mesmo no caso do meu retorno à Terra em uma futura reencarnação. Como eu disse antes, quando pensei sobre como compor uma mensagem para o meu futuro reencarnado eu, o mais importante era criar algo com base em referências que poderiam durar séculos. Estava claro que a Assunção de Maria, para a qual a Capela Sistina é dedicada, seria uma referência que iria durar para sempre. Então, essa foi a minha primeira escolha para compor uma mensagem.

A segunda referência escolhida deveria ser capaz não só de suportar a passagem do tempo, mas também de ter um profundo significado para mim em um nível muito íntimo. O Hino da Pérola, ou o Hino de Sophia, uma das minhas leituras secretas, representa não só a minha crença mais profunda mas também a minha maneira única de compreender a própria existência.

Os esquemas da Cabala e da Kundalini foram utilizados com a finalidade de organizar o código visual que o meu futuro eu reencarnado certamente seria capaz de entender. A Kabbalah e a Kundalini são códigos espirituais atemporais que eu sabia que iriam permanecer universais. Como uma real reencarnação de Michelangelo Buonarroti, eu deveria ser capaz de compreender as duas mensagens secretas e apontar onde estão a Assunção de Maria e O Hino da Pérola. Para isso, seria necessário apontar onde está a própria Maria e a própria Pérola.Bem, em 1985, dois anos após a lembrança da morte de Vittoria Colonna, eu simplesmente lembrei do Hino da Pérola (esta passagem está descrita no meu livro). E não havia necessidade de sistemas e pesquisas de qualquer tipo, porque naturalmente retornei para o meu mundo de crenças secretas, passo a passo. O Hino da Pérola está relacionado ao Apóstolo Tomé (Judas Tomé Dídimo), que foi a única testemunha da Assunção de Maria. É dito que Maria deixou cair o cinto do céu para Tomé durante a sua Assunção.

(Eu sei que a imagem está sobrecarregada com informações, mas às vezes os significados precisam estar juntos.)

Revealing Cassandra - Revelando Cassandra on Flickr.English: Seriously, without the direct remembrance provoked by the sequence of events on 1981 I would always have doubts about this figure. The hints are so hidden that no historian or resercher could even imagine Cassandra disguised as the Delphic Sibyl. And my revenge could never be accomplished.en.wikipedia.org/wiki/Cassandra
Português: Sinceramente, sem a lembrança direta provocada pela sequência de eventos em 1981,  eu sempre teria dúvidas sobre esta figura. As dicas são tão discretas que nenhum historiador ou pesquisador jamais imaginaria Cassandra disfarçada como a Sibila de Delfos. E a minha vingança nunca poderia ser realizada.en.wikipedia.org/wiki/Cassandra

Revealing Cassandra - Revelando Cassandra on Flickr.

English: Seriously, without the direct remembrance provoked by the sequence of events on 1981 I would always have doubts about this figure. The hints are so hidden that no historian or resercher could even imagine Cassandra disguised as the Delphic Sibyl. And my revenge could never be accomplished.
en.wikipedia.org/wiki/Cassandra

Português: Sinceramente, sem a lembrança direta provocada pela sequência de eventos em 1981, eu sempre teria dúvidas sobre esta figura. As dicas são tão discretas que nenhum historiador ou pesquisador jamais imaginaria Cassandra disfarçada como a Sibila de Delfos. E a minha vingança nunca poderia ser realizada.
en.wikipedia.org/wiki/Cassandra

Cassandra’s Secret - O Segredo de Cassandra on Flickr.English:
The making of the drawing in less than five minutes was witnessed by a family friend who was smoking at the window behind me. Other friend, who was an artist, didn’t believe on the speed that I made the drawing and said that I brought it from home already done. But the guy who was smoking behind me intervened stating that was true and showed the still lit cigarette: “I started smoking this at the same time he started the drawing”.
Looking at this drawing today (I prefer the ones with the early 1980’s distorted figures) two things come to my mind: the process of self-discovering and the beginning of the mockery of myself by the people from the art environment and those from a brazilian religion called “Espiritas”.
It was easy to mock me when in my 20s. I was too much dazed about what I was discovering inside myself, so there was no way to react against the verbal agressions. The people from the “Espirita” religion were the most disturbed by my presence. They were always trying some mental gymnastics to present a logical reason proving that I’m not the reincarnation of Michelangelo Buonarroti. Those “Espiritas” see themselves as the owners of the reincarnation and of the contact with some famous dead from past.
The fact was that after the drawing made at my grandmother’s party, I had the first clear remembrance of my life as Michelangelo Buonarroti (described on the image Cassandra’s Secret). I barely knew who was the “fucking Michelangelo”, but the remembrance left no room for misunderstandings. It was not just some intimate moment. It was THE KEY MEMORY to remember what I had done on the Sistine Ceiling. Without knowing that the Delphic Sibyl is Cassandra I would never find the proof left by my past self. 
Summarizing: almost two years before of the remembrance of Vittoria Colonna death, I already knew that I was Michelangelo himself, but I decided to keep this self-perception as a secret. The violent reaction against me (like if I was a jew in the Nazi Germany) by the people I mentioned was always reminding me that my inner thruth was an outrage to the society. Later on I would baptize this situation as the Cassandra’s Secret.
In the late 1980’s I gave up on making records of the original scheme of the Sistine Ceiling. The motive was simple: how I would explain to others what I knew? But I tryed to do so just to see the reactions. And they were always laughing at me. Those from the art environment and those from a local religion called “Espiritas” were always mocking me, my art and my “fantasies” about the Sistine Ceiling. “You cannot prove anything!!!” - They said, laughing amid mockery.
Today, I would LOVE to see those mocking me in the public space. 
Detail: the historians and researchers never found any clue from where I got inspired to portray the “Delphic Sibyl”, my Cassandra. But I found a record from Giorgio Vasari mentioning the possibility of “Delphic Sibyl” to be a reference to Cassandra. Did he hear me talking about it??? He was not an intimate friend of mine.
Português:
A execução do desenho em menos de cinco minutos foi testemunhada por um amigo da família que estava fumando na janela atrás de mim. Outro amigo, que era artista, não acreditou na velocidade em que fiz o desenho e disse que eu trouxe de casa já feito. Mas o cara que estava fumando atrás de mim interveio afirmando que era verdade e mostrou o cigarro ainda aceso: “Eu comecei a fumar este, ao mesmo tempo que ele começou o desenho”.
Olhando para este desenho hoje (eu prefiro aqueles com as figuras distorcidas do início dos anos 1980) a única coisa que vem à mente é o processo de auto-descoberta e o início do escárnio e do deboche contra mim por dois grupos de pessoas: aqueles do ambiente de arte e os “Espíritas”.
Era fácil zombar de mim quando nos meus 20 anos. Eu estava muito confuso sobre o que estava descobrindo no meu íntimo, logo, não havia como reagir às agressões verbais. Os Espíritas eram os mais perturbados com a minha presença. Sempre elaboravam alguma ginástica mental para apresentar uma razão lógica para provar que eu não sou a reencarnação de Michelangelo Buonarroti. Os Espíritas se consideram os donos da reencarnação e do contato com mortos famosos do passado.
Contudo, após o desenho feito na festa da minha avó, eu tive a primeira lembrança clara de minha vida como Michelangelo Buonarroti (descrito na imagem “O Segredo de Cassandra”). Eu mal sabia quem era a “porra do Michelangelo”, mas a lembrança não deixou espaço para mal-entendidos. Não era apenas um momento íntimo lembrado. Era a MEMÓRIA CHAVE para lembrar tudo o que eu tinha feito no teto da Capela Sistina. Sem lembrar que a Síbila de Delfos é Cassandra eu nunca iria encontrar a prova deixada pelo meu eu passado.
Resumindo: quase dois anos antes da lembrança da morte de Vittoria Colonna, eu já sabia que era o próprio Michelangelo, mas decidi manter esta auto-percepção como um segredo. A reação violenta contra mim (como se eu fosse um judeu na Alemanha nazista) pelas pessoas que mencionei estava sempre me lembrando que a minha verdade interior era uma afronta à sociedade. Mais tarde, eu iria batizar essa situação como o “Segredo da Cassandra”.
No final dos anos 1980, eu desisti de fazer registros sobre o esquema original do Teto da Capela Sistina. O motivo era simples: como eu iria explicar aos outros o que eu sabia? Mas, mesmo assim, eu tentei explicar só para ver as reações. E todos sempre terminavam rindo de mim. Aqueles do ambiente de arte e os “espíritas” debochavam de mim como sempre, ridicularizando a minha arte e minhas “fantasias” sobre o teto da Capela Sistina. “Você não tem como provar nada!!!” – diziam eles, às gargalhadas em meio a galhofa.
Hoje, eu ADORARIA de ver aqueles, do ambiente de arte e os espiritas, zombando de mim no espaço público.
Detalhe: os historiadores e pesquisadores nunca encontraram nenhuma pista sobre onde me inspirei para retratar a “Sibila de Delfos”, ou melhor, a minha Cassandra. Mas encontrei um registro de Giorgio Vasari mencionando a possibilidade da “Sibila de Delfos” vir a ser uma referência à Cassandra. Será que ele me escutou falando sobre isso??? Ele não era um amigo íntimo.

Cassandra’s Secret - O Segredo de Cassandra on Flickr.

English:
The making of the drawing in less than five minutes was witnessed by a family friend who was smoking at the window behind me. Other friend, who was an artist, didn’t believe on the speed that I made the drawing and said that I brought it from home already done. But the guy who was smoking behind me intervened stating that was true and showed the still lit cigarette: “I started smoking this at the same time he started the drawing”.

Looking at this drawing today (I prefer the ones with the early 1980’s distorted figures) two things come to my mind: the process of self-discovering and the beginning of the mockery of myself by the people from the art environment and those from a brazilian religion called “Espiritas”.

It was easy to mock me when in my 20s. I was too much dazed about what I was discovering inside myself, so there was no way to react against the verbal agressions. The people from the “Espirita” religion were the most disturbed by my presence. They were always trying some mental gymnastics to present a logical reason proving that I’m not the reincarnation of Michelangelo Buonarroti. Those “Espiritas” see themselves as the owners of the reincarnation and of the contact with some famous dead from past.

The fact was that after the drawing made at my grandmother’s party, I had the first clear remembrance of my life as Michelangelo Buonarroti (described on the image Cassandra’s Secret). I barely knew who was the “fucking Michelangelo”, but the remembrance left no room for misunderstandings. It was not just some intimate moment. It was THE KEY MEMORY to remember what I had done on the Sistine Ceiling. Without knowing that the Delphic Sibyl is Cassandra I would never find the proof left by my past self.
Summarizing: almost two years before of the remembrance of Vittoria Colonna death, I already knew that I was Michelangelo himself, but I decided to keep this self-perception as a secret. The violent reaction against me (like if I was a jew in the Nazi Germany) by the people I mentioned was always reminding me that my inner thruth was an outrage to the society. Later on I would baptize this situation as the Cassandra’s Secret.

In the late 1980’s I gave up on making records of the original scheme of the Sistine Ceiling. The motive was simple: how I would explain to others what I knew? But I tryed to do so just to see the reactions. And they were always laughing at me. Those from the art environment and those from a local religion called “Espiritas” were always mocking me, my art and my “fantasies” about the Sistine Ceiling. “You cannot prove anything!!!” - They said, laughing amid mockery.

Today, I would LOVE to see those mocking me in the public space.

Detail: the historians and researchers never found any clue from where I got inspired to portray the “Delphic Sibyl”, my Cassandra. But I found a record from Giorgio Vasari mentioning the possibility of “Delphic Sibyl” to be a reference to Cassandra. Did he hear me talking about it??? He was not an intimate friend of mine.

Português:
A execução do desenho em menos de cinco minutos foi testemunhada por um amigo da família que estava fumando na janela atrás de mim. Outro amigo, que era artista, não acreditou na velocidade em que fiz o desenho e disse que eu trouxe de casa já feito. Mas o cara que estava fumando atrás de mim interveio afirmando que era verdade e mostrou o cigarro ainda aceso: “Eu comecei a fumar este, ao mesmo tempo que ele começou o desenho”.

Olhando para este desenho hoje (eu prefiro aqueles com as figuras distorcidas do início dos anos 1980) a única coisa que vem à mente é o processo de auto-descoberta e o início do escárnio e do deboche contra mim por dois grupos de pessoas: aqueles do ambiente de arte e os “Espíritas”.

Era fácil zombar de mim quando nos meus 20 anos. Eu estava muito confuso sobre o que estava descobrindo no meu íntimo, logo, não havia como reagir às agressões verbais. Os Espíritas eram os mais perturbados com a minha presença. Sempre elaboravam alguma ginástica mental para apresentar uma razão lógica para provar que eu não sou a reencarnação de Michelangelo Buonarroti. Os Espíritas se consideram os donos da reencarnação e do contato com mortos famosos do passado.

Contudo, após o desenho feito na festa da minha avó, eu tive a primeira lembrança clara de minha vida como Michelangelo Buonarroti (descrito na imagem “O Segredo de Cassandra”). Eu mal sabia quem era a “porra do Michelangelo”, mas a lembrança não deixou espaço para mal-entendidos. Não era apenas um momento íntimo lembrado. Era a MEMÓRIA CHAVE para lembrar tudo o que eu tinha feito no teto da Capela Sistina. Sem lembrar que a Síbila de Delfos é Cassandra eu nunca iria encontrar a prova deixada pelo meu eu passado.
Resumindo: quase dois anos antes da lembrança da morte de Vittoria Colonna, eu já sabia que era o próprio Michelangelo, mas decidi manter esta auto-percepção como um segredo. A reação violenta contra mim (como se eu fosse um judeu na Alemanha nazista) pelas pessoas que mencionei estava sempre me lembrando que a minha verdade interior era uma afronta à sociedade. Mais tarde, eu iria batizar essa situação como o “Segredo da Cassandra”.

No final dos anos 1980, eu desisti de fazer registros sobre o esquema original do Teto da Capela Sistina. O motivo era simples: como eu iria explicar aos outros o que eu sabia? Mas, mesmo assim, eu tentei explicar só para ver as reações. E todos sempre terminavam rindo de mim. Aqueles do ambiente de arte e os “espíritas” debochavam de mim como sempre, ridicularizando a minha arte e minhas “fantasias” sobre o teto da Capela Sistina. “Você não tem como provar nada!!!” – diziam eles, às gargalhadas em meio a galhofa.

Hoje, eu ADORARIA de ver aqueles, do ambiente de arte e os espiritas, zombando de mim no espaço público.

Detalhe: os historiadores e pesquisadores nunca encontraram nenhuma pista sobre onde me inspirei para retratar a “Sibila de Delfos”, ou melhor, a minha Cassandra. Mas encontrei um registro de Giorgio Vasari mencionando a possibilidade da “Sibila de Delfos” vir a ser uma referência à Cassandra. Será que ele me escutou falando sobre isso??? Ele não era um amigo íntimo.

The love you cruelly gave me… / O amor que você cruelmente me deu… on Flickr.Study for a painting / Estudo para pintura.Indian Ink and pencil on my skecth book.Nanquim e lápis no meu caderno de esboços. 2013.

The love you cruelly gave me… / O amor que você cruelmente me deu… on Flickr.

Study for a painting / Estudo para pintura.Indian Ink and pencil on my skecth book.Nanquim e lápis no meu caderno de esboços. 2013.

The Drunkeness of Noah / Muladhara-Malkuth on Flickr.The Gate is your Thought. 
You have to get drunk in order to forget the self-censorship imposed by the Catholic Church.
The Gate is a Thought freed from barriers.
This is your starting point to reach the enlightenment.
O Portal é o seu Pensamento.
Você tem que ficar bêbado para esquecer a auto-censura imposta pela Igreja Católica.
O Portal é um Pensamento livre de barreiras.
Este é o ponto de partida para alcançar a iluminação.

The Drunkeness of Noah / Muladhara-Malkuth on Flickr.

The Gate is your Thought.
You have to get drunk in order to forget the self-censorship imposed by the Catholic Church.
The Gate is a Thought freed from barriers.
This is your starting point to reach the enlightenment.

O Portal é o seu Pensamento.
Você tem que ficar bêbado para esquecer a auto-censura imposta pela Igreja Católica.
O Portal é um Pensamento livre de barreiras.
Este é o ponto de partida para alcançar a iluminação.